Análise de marcha

Sendo o principal meio humano de locomoção, o ato de caminhar é uma habilidade motora que está fortemente relacionada à independência de um indivíduo, havendo uma relação positiva entre a capacidade de andar e sua qualidade de. Infelizmente diferentes ocorrências, podem afetar o estado da qualidade da deambulação. Algumas afecções neurológicas causam a instalação de padrões atípicos de marcha, os quais, dependendo da extensão dos desvios em relação aos padrões normais, podem ser classificadas como patológicos.

Frequentemente sujeitos acometidos por desordens motoras apresentam comprometimento no padrão da marcha e por isso os processos de intervenção terapêutica aos quais são submetidos usualmente contêm estratégias voltadas à habilitação, ou mesmo reabilitação, da marcha.

A análise instrumentada da marcha utiliza tecnologia especializada para capturar, por meio de vídeo, imagens desta habilidade motora.  Permite coletar dados importantes acerca dos movimentos corporais. Este exame tem mostrado eficiência tanto para o estabelecimento de diagnósticos individuais mais precisos quanto para a avaliação do impacto das terapêuticas utilizadas.  

A análise biomecânica, possibilita ao fisioterapeuta envolvido no processo de habilitação/reabilitação, ter conhecimentos das alterações na marcha dos pacientes. Portanto, a precisa interpretação destas alterações é fundamental no processo de tomada de decisão no que diz respeito ao planejamento das intervenções terapêuticas adotadas.

 

Conheça a Espaço Habilitar!

(21) 2523-0382 / (21) 98350-1761
contato@espacohabilitar.com.br
Rua Raul Pompéia, 12 – 4º andar – Copacabana

Coordenação Visomotora

A coordenação visomotora está presente sempre que um movimento dos membros superiores ou inferiores ou de todo o corpo responde a um estímulo visual de forma adequada. A habilidade visomotora é composta pela capacidade de observar, reconhecer e usar as informações visuais sobre formas, figuras e objetos, e permite que as crianças processem as informações em torno delas.

As habilidades visomotoras são constituídas por muitas áreas relacionadas à visão e à capacidade de perceber a visão em relação ao movimento das mãos e do corpo em tarefas funcionais. Sendo assim, estas habilidades incluem a coordenação da informação visual que é percebida e processada junto com as habilidades motoras, incluindo o motor fino, motor grosso e motor sensorial.

Ao traçar uma linha, por exemplo, a criança, ao mesmo tempo que segue com os olhos a ação de riscar, deve ter em mira o alvo a ser atingido. Quando ela tem dificuldades de coordenação visomotora ela não consegue, por exemplo, traçar linhas com trajetórias predeterminadas, uma vez que a mão não obedece ao trajeto previamente estabelecido.

Problemas na coordenação visomotra contribui de maneira negativa para o processo de aprendizagem, já que para aprender e fixar a grafia é indispensável que a criança tenha a coordenação olho-mão plenamente desenvolvida.

Exemplos de atividades para estimular a coordenação visomotora

  • Atividade gráficas de unir tracejados, ligar os pontos.
  • Em um pote ou bacia grande, dispor pérolas coloridas e pedir para a criança passar as pérolas para um pote de gelo, utilizando uma colher. Pode-se utilizar também grãos de arroz/feijão.
  • Colocar a criança sentada no chão com as pernas separadas e rolar uma bola em direção a ela. A criança deve tentar parar a bola antes que ela bata em sua barriga.
  • Atividade de jogar e acertar a bola no cesto/alvo.
  • Passar grãos de um pote para outro.
  • Em uma folha de papel, faça desenho de linhas e peça para a criança colar um pedaço de lã/barbante por cima da linha.
  • Dispor pedaços de canudo em um prato e pedir para a criança passar uma linha por dentro.

Conheça a Espaço Habilitar!

(21) 2523-0382 / (21) 98350-1761
contato@espacohabilitar.com.br
Rua Raul Pompéia, 12 – 4º andar – Copacabana