Assimetria Craniana em Bebês

A nomenclatura plagiocefalia significa que a cabeça assumiu um formato “oblíquo”, ou seja, acontece uma espécie de torção na estrutura óssea do crânio e da face.

Já a braquicefalia (literalmente “cabeça curta”), refere-se à alteração do formato craniano de maneira a achatar a região de trás da cabeça (diminuindo, assim, o diâmetro antero-posterior) e alargar o osso lateral dos dois lados (aumentando o diâmetro latero-lateral). Escafocefalia é o oposto, situação em que a cabeça fica comprida e estreita.

O termo “posicional” é utilizado para diferenciar as assimetrias cranianas causadas pelo posicionamento viciado do bebê daquelas causadas pelo fechamento precoce de uma ou mais suturas cranianas, também chamado de cranioestenose ou craniossinostose. As assimetrias cranianas posicionais, também chamadas de não-sinostóticas,  são muito mais frequentes que as assimetria cranianas causadas pela cranioestenose.

0 comentátios

Deixe um comentário!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *