Lavagem de nariz com soro fisiológico

Estamos chegando na época do ano onde os casos de gripes e resfriados aumentam e chegam
acompanhadas daquele acumulo de secreção e coriza.

Existem muitas teorias em relação a lavagem do nariz, mas o que se sabe é que ela ajuda na
eliminação dos vírus e das impurezas que ficam acumulando durante o dia. É capaz evitar
complicações maiores que acontecem devido ao acumulo de secreção, como otites e
pneumonias.
Podemos utilizar 3,5 e 10 ml em cada narina por vez, não sendo o volume a questão mais
importante pois esse processo pode ser repedido por diversas vezes. A pressão exercida ne
seringa deve ser leve e continua evitando aquele jato forte e desagradável. O ideal é que a
criança seja posicionada sentada para minimizar o desconforto.
O soro fisiológico deve ser conservado na geladeira e tem validade média de 15 dias após a
abertura. Não existe nenhum problema na utilização no soro ainda gelada, porém pode ser
desconfortável, então pode-se reservar a quantidade para aquela lavagem em um potinho ou
já na seringa fora da geladeira até se adequar a temperatura ambiente. Existe a venda de
ampolas de soro individuas de 5 e 10 ml nas farmácias facilitando esse procedimento.
Não existe nenhuma relação comprovada entre a lavagem nasal com soro fisiológico e a
presença de otites. Sendo a otite uma complicação comum dos resfriados podendo então não
ter relação com soro.
Se mesmo com a limpeza e os cuidados médicos persistirem o acumulo de secreção procure
um fisioterapeuta respiratório que é profissional capacitado para utilizar técnicas que
favorecem a mobilização e expectoração dessa secreção, melhorando assim a função
respiratória e evitando possíveis complicações.

Conheça a Espaço Habilitar!

(21) 2523-0382 / (21) 98350-1761
contato@espacohabilitar.com.br
Rua Raul Pompéia, 12 – 4º andar – Copacabana

0 comentátios

Deixe um comentário!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *