Como entendemos a evolução de nossos pacientes e podemos planejar melhores sessões?

Entenda como:
GMFM, ou Mensuração da Função Motora Grossa, é uma escala avaliativa. Já o GMFCS, ou Classificação da Função Motora Grossa é a escala de classificação que determina em qual nível funcional se encontram as crianças com paralisia cerebral.

GMFM

É um instrumento de avaliação quantitativa, desenvolvido para avaliar as alterações na função motora grossa de crianças com Paralisia Cerebral e Síndrome de Down. Além de medir algumas mudanças longitudinais, a GMFM auxilia também na definição de objetivos terapêuticos e proporciona informações sobre os progressos das crianças em reabilitação.

GMFCS

É uma escala que avalia o movimento iniciado pelo paciente e sua necessidade de tecnologia assistiva. Dessa forma, o GMFCS avalia a qualidade do desempenho da criança. Essa escala é dividida em cinco níveis funcionais que irão se diferenciar de acordo com: limitações, necessidades de adaptações e meios auxiliares para movimentação. Além disso, irá auxiliar não só os terapeutas mas também os familiares no acompanhamento e prognóstico das crianças que possuem paralisia cerebral.

Conheça a Espaço Habilitar!

(21) 2523-0382 / (21) 98350-1761
contato@espacohabilitar.com.br
Rua Raul Pompéia, 12 – 4º andar – Copacabana

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Veja também

Plataforma Vibratória Galileo

A plataforma vibratória é um recurso terapêutico validado no atendimento neuro pediátrico. A vibração de acordo com a frequência utilizada, pode mobilizar articulações, favorecendo alongamento muscular, fortalecer a musculatura, além de ser um poderoso estímulo proprioceptivo.

Leia mais »
Psicomotricidade

Psicomotricidade

O que é a psicomotricidade? Quando escolher fisioterapia convencional ou sessões de psicomotricidade? Como funciona? Esses são questionamentos frequentes e hoje iremos esclarecer todos eles,

Leia mais »