Psicomotricidade

psicomotricidade-espaco-habilitar

Psicomotricidade se baseia na junção da psique com a motricidade, ou seja, a perspectiva que o desenvolvimento emocional e físico se conectam

É um conceito do movimento integrado e organizado em função das experiências vivenciadas pela criança , indivíduo.

A motricidade sob esse aspecto é o resultado da individualidade, da socialização e da linguagem.  No princípio a psicomotricidade focava apenas no desenvolvimento motor. Depois, estudou a relação entre o desenvolvimento motor e intelectual da criança. Agora estuda a lateralidade, a estruturação espacial, a orientação temporal e as suas relações com o desenvolvimento intelectual da criança.

A educação psicomotora é uma educação global que associa as potencialidades intelectuais, afetivas, sociais e motoras da criança, dando-lhe segurança, equilíbrio e permitindo o seu desenvolvimento, organizando corretamente as suas relações com os diferentes meios em que deve evoluir.

A psicomotricidade age na formação de base indispensável a toda a criança, responde a uma dupla finalidade: assegurar o desenvolvimento funcional, tendo em conta as possibilidades da criança, e ajudar sua afetividade a expandir-se e a equilibra-se através do intercâmbio com o ambiente humano.

É ação pedagógica que tem como objetivo principal o desenvolvimento motor e mental da criança, de modo a levá-la conhecer para controlar e dominar  o próprio corpo e a adquirir uma inibição voluntária.  A técnica tem no movimento espontâneo, e criativo sua diretriz fundamental, pois, em qualquer movimento, existe um condicionante afetivo que determina um comportamento intencional.

Acredita-se que é sempre uma ação motora , por menor que seja, que regula o aparecimento e o desenvolvimento das formações mentais e é pelo aspecto motor que a criança estabelece os primeiros contatos com a linguagem socializada. Esse aspecto se embasa no desenvolvimento natural em que as habilidades motoras guiam o surgimento das habilidades mentais e cognitivas.

A psicomotricidade é uma educação para o movimento, prega o aspecto lúdico e voluntário. O espaço físico é pensado para oferecer variados estímulos sensoriais e motores. A sala oferece equipamentos suspensos, superfícies instáveis, variadas texturas.

A construção da sessão é guiada pela ação conjunta do psicomotricista e do paciente e pela interação e comunicação verbal ou não.

Para isso cabe ao psicomotricista avaliar e intervir sobre pontos relevantes de funcionalidade:

  • Capacidade de regulação e atenção
  • Comunicação, envolvimento, resolução de problemas, uso criativo de ideias, pensamento abstrato e lógica
  • Características individuais :forma como a criança reage e processa as experiências, e como planeja e organiza as respostas
  • Modulação sensorial, planeamento motor, processamento auditivo e visuo-motor e nas relações emocionais com os cuidadores, competências para se envolver em interações afetivas.